quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

Mensagem

Lanço-me rumo ao mar
De palavras em riste!
Olho o céu,
Sou a última sonhadora
Desafiadora de limites nunca antes sonhados!
Mas nem eu mesma conheço
O conteúdo da minha mala de viagem,
A velocidade das minhas barbatanas,
O rumo da minha cauda!
Deixo-me levar por estes dedos que caminham
Num céu de palavras
Em papéis brancos de viagens!
Desenho a minha alma numa folha de papiro,
Fecho-a numa garrafa
E lanço-a ao mar!
Ela vai procurar os teus dedos e os teus lábios,
Lamber o teu peito de sol,
Sugar a humidade de tua boca!
E nestas minhas frases sem Tempo
Possuo-te com o prazer da dor
De possuir sem posse!
Quero-te!
Apanha as minhas letras
E os meus versos!
Faz com eles uma história de amor!

2 comentários:

Mário Margaride disse...

Bela mensagem! Espero que chegue ao destinatário...
BEIJINHOS

Dionísio Dinis disse...

Eu queria destacar um verso mais tocante,mas vejo-me sem capacidade para tal, todos os versos estão imbuídos de uma beleza por igual, de uma beleza maior.Parabéns, sinceros parabéns.