domingo, 25 de fevereiro de 2007

Noite


Depois de fins,
Copiados de não começos,
Foste o meu início perdido.

Encontrei-te na sombra da minha noite!
Entre sonhos me prendi a ti,
Em cumplicidades inesperadas me fiz tua…
Envolvida numa explosão de luz e sentimemnto,
Ateei fogo à minha paixão,
Abri o meu silêncio secreto,
Fechado no livro da alma.

Num mundo só meu
Conjuguei a dor de amar
Em tempo e modo só meus.
Inventei a paixão…
À imagem da tua proximidade!

E agora contemplo de novo a noite,
Tento esquecer o caminho que me conduziu a ti,
Atravesso o tempo…
No teu pensamento
Traço o início da eternidade…
E no meu querer
A intensidade do amor tatua a minha paz!

5 comentários:

Diário de um Anjo disse...

profundo como sempre:-) e cheio de sentimento e erotismo em cada frase...

Alex disse...

Lindo... cada frase e cad pensamento cada vez mais bonito....

Agora estou no Fundamentalidades - parte 2, porque me desactivaram o outro blog - ele continua a existir mas não consigo lá postar nada. Para este é só clicar ali em cima no Alex e vai-se lá parar, e é uma continuãção do outro.

Beijinhos e boa semana!!!!

Fallen Angel disse...

Esquece o caminho, não o memorizes.

Mas recorda as pedras, os cheiros, as águas... porque um dia poderás querer regressar...

João Cordeiro disse...

Simplesmente... divinal.


Beijo sonhador

poetaeusou disse...

Noite,
companheira dos meus medos...
bj)