quinta-feira, 8 de março de 2007

Loucura




Cola o teu sonho ao meu,
Paira na sua leveza...

Sobre o meu aconchego
Toca-me com entoações de amor;
Entranha-te na minha pele,
Enlaça-me nos teus lábios,
Escorrega pela minha paixão...

E num céu de inexactidões
Dança comigo os ritmos da minha fome!
Completa comigo uma sinfonia,
Dirige a orquestra dos meus sentidos...

E numa sintonia de desejos
Entoa as nossas emoções,
Toca de improviso
A sequência que vou inventando,
Vem ser o maestro da minha loucura!

10 comentários:

Diário de um Anjo disse...

Gosto da maneira como escolhes as fotos:-) eu adorei esse filme:-)

poetaeusou disse...

Dirige a orquestra dos meus sentidos...
sublime
b)

Gonçalo Coelho disse...

Gostei desse "Maestro da minha loucura"!

DairHilail disse...

mais um dia...que passo, hoje trago comigo a formúla de um alquimista, trago a calma... e levo-a comigo...gostei de te ler...
Fica bem!

Farinho disse...

"Cola o teu sonho ao meu"?

Lindo

Beijocas

João Cordeiro disse...

Eu toco sempre de improviso minha querida amiga.
Mas ser maestro é uma grande responsabilidade.

Beijo criativo e sonhador.

rui disse...

Olá Poesia

É a isto que se chama poesia.
Todas as palavras estão impregnadas de intenção e musicalidade.
Adorei

Beijinho

Mário Margaride disse...

Loucos nós somos todos, os poetas.

Que sonham com utopias e sonhos, impossíveis de alcançar...

Beijinho

João Cordeiro disse...

Olha que o homem da foto de hoje sou eu...
E agora como te vais desenrascar desta??

Beijinho querida amiga e um bom fim de semana.

Papoila disse...

Este poema em que se colam os sonhos em sintonia de desejos para entoar as emoções é musical.
Adorei!
Beojo