domingo, 1 de abril de 2007

Ausência




Abraço a doce saudade,
Do teu extasiante sol poente em mim...
Ofusco-me nas centelhas de prazer
Que as tuas ousadias lançam ao céu
E seduzo-te no planeta das emoções,
Na galáxia da minha paixão!
Estrelas reluzem e cintilam no teu toque,
A pele da minha alma suspira
Ao compasso da voz do teu amor em mim,
Qual reflexo da essência do tempo!
Copio uma fantasia
Lida nas estrelas
Que espalhaste no céu do meu desejo...
Despes-me em carícias enfeitadas de lírios brancos
Enlaçadas na luz dos teus dedos
E nascem no meu corpo
As mãos da tua alma...
Acaricias-me em conquistas mágicas
De encantamento e perdição...
Caminho ao encontro da minha ilusão
E encontro-te dentro de mim!

7 comentários:

Anónimo disse...

"Ausência"

Nem sempre conseguimos penetrar no coração das mensagens poéticas que a autora nos deixa... Mesmo assim, a sua poesia soa-nos aos ouvidos como suaves melodias e, de tal modo, que nos sentimos felizes a ler e reler e mergulhar no seu perfume...

"ABRAÇO A DOCE SAUDADE,

"DO TEU EXTASIANTE SOL POENTE EM MIM"

Dois versos, duas mensagens, duas melodias... Quanta poesia, suavidade, perfume, doçura... neles contidos.

Um poema que apaixona a nossa mente! Friend

lena disse...

abraço-te a ti pela beleza do que escreves

caminho dentro desta magia!



belo!


beijinhos


lena

Skin on Skin disse...

Obrigado...
A pele da minha alma e do meu corpo...sentem a tua falta a tua ausência em mim! Gostei e vou voltar se deixares! ;)

Beijokas on skin

Eli disse...

Obrigada.

A ausência também acaba.

:)

Reflexos da Alma disse...

Mais um Poema Lindo e cheio de Alma...
Boa semana
Um Beijo de Alma

Escorpiana Explosiva disse...

lindo poema nem tenho palavras desejo boa páscoa

Farinho disse...

Já ouviste falar de um site chamado luso poemas?

Se não aqui vai o site:

www.luso-poemas.net
É que os teus poema são lindos, poderias divulgá-los lá.

Beijocas