sábado, 28 de julho de 2007

Pnetração




Roçaste-me a face
Num entardecer
Que eu julguei manhã;
Colaste os teus olhos nos meus
E delírios famintos se ouviram
Numa viagem eterna
De prazer e dor!
O teu olhar se afundou no meu
E lhe roubou pedaços de alma...
Abriu-lhe um rombo,
Penetrou-a...
Desabitada de paixão,
Deixou-se preencher...

Confortou-a com palavras de chuva morna,
Atrofiou-lhe o discernimento!
Desmoronei na leveza do teu olhar,
Arrastei-me
Entranhada na tua ausência...

Não sei arrancar da minha alma de cristal
O golpe e os destroços
Que a penetração do teu desprezo fez em mim!

10 comentários:

Sei que existes disse...

Lindo poema que releva algum sofrimento!...

Osmar disse...

Toda penetração (de um olhar a uma estaca de madeira) deixa suas marcas e destroços.
E nossa vida se refaz a cada tempo sobre os cacos do que fomos um dia.
Belo poema, de uma deliciosa sensualidade.

António disse...

Olá, Goreti!
Continuam os poemas de qualidade. Neste caso, desejo e dor muito bem transmitidos.

Beijinhos

João Cordeiro disse...

Lindo de morrer... excepto a pnetração :-)

Regressado de uns dias de ócio, eis-me de novo na partilha do ser…

Uns tocam-nos o corpo sem nunca nos terem tocado a alma... e outros tocam-nos a alma sem nunca nos terem tocado o corpo...


Beijo sonhador e criativo

João Cordeiro disse...

Obrigada Goreti.

Bem haja


Beijinho

O Árabe disse...

Entretanto, precisamos conseguir forças para transformar os destroços em novas construções de sonhos...

Flávio disse...

Belo poema, sim, e espero que em breve te refaças. O mundop recisa dos teus sonhos... ;)

poetaeusou disse...

*
PoesiaMGD
*
desabitada de paixão ...
*
xi
*

bruno cunha disse...

Gostei do teu poema pois ele aparentemente parece ser uma coisa (até pelo título) mas dps tu fazes com que ele percorra outro caminho.
Muito obrigado pelo teu elogio à minha escrita...
Ah, e se o livro ainda não esgotou acho que o poderás encontrar (mas não sei quantos exemplares e edições se fizeram... mas acho que ainda este ano sairá o 2º volume)...
Bj

João Cordeiro disse...

Amigas/os!
Por motivos alheios, o meu blogue evaporou-se. Talvez, perdido nas imensas estradas de fibra óptica que percorrem o espaço cibernético.
Estou no entanto a criar este mesmo espaço, para poder estar junto de todos novamente.
Não lamento os “posts” que perdi, mas sim os doces, ternurentos e sentidos comentários que me transmitiram ao longo destes meses.
Os meus textos poderão ser repetidos, as vossas observações ficarão para sempre na minha memória.
Por diversas vezes me foi solicitado a “abertura” do blogue: A Traição do EU.
http://a-traicao-do-eu.blogspot.com/
Tentei entrar nos meandros da poesia da sedução. São outros sonhos que escrevi apenas para mim.
Ficarei como sempre na expectativa da vossa análise terna e objectiva.

Obrigado

O sonhador em full time
http://sonhadoremfulltime.blogspot.com/