quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Luta

Num estado de quase inconsciência,
Luto entre a lembrança e o esquecimento…
De olhos fechados,
Sinto o toque dos teus,
Queima-me o brilho da luz
Desprendendo-se em sussurros,
Em gritos surdos de paixão…
Num dia!

Deixo-me escorregar na loucura da tua ausência
E da minha boca resvalam calor, prazer…
E dor!

Quero partir do fundo dos teus olhos,
Quero saber de sentimentos nobres,
Quero acreditar num mundo melhor…
E em cada minuto de luta
Ambiciono colher paz em outras mãos,
Viajar no silêncio de outro olhar!
A minha luta acorrenta-me,
Tento soltar-me das fantasias,
Encontro a porta da lógica fechada
E regresso!
Revolto-me!
Iludo-me!
E continuo!...

12 comentários:

Alexandre disse...

«Ambiciono colher paz em outras mãos,
Viajar no silêncio de outro olhar»

Vou guardar esta frase comigo, se não te importas! Li-a no momento exacto em que mais precisava de a ler... obrigado!!!
Muitos beijinhos!!!

Olhos de mel disse...

Minha amiga, essa talvez seja uma das lutas mais difíceis. Não existe como se negociar, nem remédios... apenas o tempo e ele muitas vezes se arrasta.
Lindo demais e saiba; me vi em alguns momentos.
Fique com Deus!
Beijos

rui disse...

Olá Poesia

Adorei!
Poema lindo, cheio de palavras que nos deixam com sede de as beber.

Beijinhos

Sailing disse...

agradeço a visita ao mar de sonhos e vim retribuir.

Tens um espaço de encanto e sonho

Prometo voltar

Bj
Sailing

Lu@r disse...

E continuas porque o tempo não para, fica a memória e a fantasia.

Beijo

António disse...

Olá, Goreti!
As tuas palavras tem a mesma força que tu guardas em ti.

Beijinhos

Sei que existes disse...

Lindo!
Nunca deixes de lutar!...
Beijinhos

Olhos de mel disse...

Passando pra deixar beijinhos.
Que sua semana seja de grandes realizações! Fique com Deus!

Sophiamar disse...

A poesia também é para mim tão importante como o oxigénio que respiro.
Gostei muito do poema.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
poesiamgd
*
Quero saber de sentimentos nobres,
,
xi
*

O Árabe disse...

Precisamos continuar, todos... e encontrar forças em nossos sonhos!

pecado original disse...

Cair para ter o prazer de levantar.
Só assim se vê o mundo...