quinta-feira, 18 de outubro de 2007

A ferro e fogo




A ferro e fogo teu nome gravei
na minha alma virgem de amor.
Apagá-lo, vida minha, não sei.

A ferro e fogo gravei no meu coração
a marca do teu calor.
Apagá-lo não sei, vida minha, não.

A ferro e fogo gravei em minha boca
o sabor de teu último beijo.
Apagá-lo não sei e fico louca.

A ferro e fogo gravei em meu ser
o cheiro de teu desejo.
Apagá-lo não sei, porque o quero ver.

Tua alma e teu sabor,
teu cheiro e teu sorriso
são tudo, meu amor,
o que na vida preciso.

Só a Morte te roubará de mim,
velha negra de foice em riste,
ou me roubará a mim, enfim,
se de mim fugiste!


http://www.escritartes.com/forum/index.php?PHPSESSID=e9e0dd421e8d8990ec5554cb3abdd228&

11 comentários:

Bichinho disse...

...gravei-te em mim ainda bem...

Beijo fantasma.

poetaeusou . . . disse...

*
a ferro e fogo,
os,
meus sentires,
,
xi
*

Entre linhas... disse...

A ferro e fogo gravei a dor e o desejo de um último beijo.
Bjs Zita

António disse...

Querida Goreti!
Acho que este poema ficava melhor no Livro do Amor que no Livro do Não.
(sempre uma força enorme; aqui até vai a ferro e fogo)

Beijinhos

MEU DOCE AMOR disse...

Bem belo esse fogo.

Um beijo doce:)

Sol da meia noite disse...

Lindo o teu modo de gravar em ti quem amas.
Nas tuas palavras me revejo.
Mas também gravei a dor...

Beijinho!

Blue Velvet disse...

Também eu tenho gravado amores a ferro e fogo...e a dor
E nem sempre por um homem.
Também por um filho se pode gravar o amor, a ferro, a fogo e a dor.
E garanto que a dor é bem maior.
Um abraço


Ps: explique-me como se faz isso do seu convite

O Sentir dos sentidos disse...

Lindo!Lindo!
A ferro e fogo...grava em nós todo o encanto deste poema...intenso e sentido.
Teus versos...são de tamanha força, que nos faz ler, reler outras tantas vezes.

Beijo Comsentido,

Amaral disse...

“Tua alma e teu sabor,
teu cheiro e teu sorriso
são tudo, meu amor,
o que na vida preciso.”

Quando o amor anda no ar, a poesia anda de mão dada...
E os versos são reflexos dum estado de ser que transporta para o momento a alegria de partilhar...

Sei que existes disse...

Que poema profundo! É lindo, cheio de sentimento e sofrimento...
Beijinhos grandes

Daniel Aladiah disse...

Querida Goreti
Lindo poema de amor... a ferro e fogo, outras marcas terás...
Um beijo
Daniel