domingo, 21 de outubro de 2007

Meu amor





Meu amor por ti, fina filigrana,
fímbria doirada,
tiara de Diana
desprezada!

Meu amor por ti, raro rubi
esmagado a teus pés.
Mil vezes o dividi
por dez!

Meu amor, que fazer se depois
o multipliquei por cem
e deificado sois?
Por quem?!

Por mim! É demasiado ardor?!
Não parece sério?!
É que meu amor
é um despautério!

http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

20 comentários:

Sailing disse...

Quero agradecer a visita ao Mar de Sonhos.

Vim deixar uma mensagem no teu mundo, que de facto é de encanto.

O mundo é o que nós queremos que ele seja, temos de ajudar a construir um mundo melhor.

Bjs e volta sempre

poetaeusou . . . disse...

*
tiara de Diana
desprezada!
*
adorei
*
xi
*

efeneto disse...

venho deste modo agradecer a sua visita. Como é saboroso receber uma amiga nova no nosso canto. Virei mais tarde com o tempo e atenção que os seus espaços irão merecer...deixo cair um beijo de agradecimento...

Rafeiro Perfumado disse...

Confesso a minha pouca sensibilidade relativamente à poesia. Como tal, tenho sempre a sensação de nunca conseguir retirar dela toda a beleza.. o que queres, sou um simples rafeiro. ;)

António disse...

Querida Goreti!
Este poema merece um destaque especial porque é um poema de amor com um tratamento fora do comum.
Gostei muito!

Beijinhos

Olhos de mel disse...

Gorete, ainda que por tanto amor, não permita ser esmagado. Entendo bem como fundiona tais contradições. Mas tem que valer a pena! Gostei imensamente!
Que sua semana seja feliz!
Beijos

Sol da meia noite disse...

Tudo por amor...
Lindo!
*

rui disse...

Olá Goreti

Que dizer?
Ficamos sempre fascinados com a tua sensibilidade para a poesia!

Beijinho

Entre linhas... disse...

Este poema tem um tratamento muito real e sublime,sento cada palavra..
Bom início de semana
Bjs Zita

Alexandre Reis disse...

Só escreve assim quem sabe...
Os bons sons sibilam assim suavemente...

Bjs

Fátima disse...

Passei por aqui para agradeçer a visita ao meu cantinho!!!
Com muita pena minha nao consegui aceder ao link que me foi deixado, devo dizer que o meu pc esta a precisar de uma visita domiciliaria de um tecnico.
Gostei do que vi, sinto-me pequena quando leio as suas palavras.
Falar do amor é sempre um tema bastante tocante que nao deixa ninguem indiferente.
Um beijo e votos de boa semana!!

O Sibarita disse...

Olá sua menina! Hummm que poema porreta! Ah o amor é tudo é ou não é?

Obrigado por ter ido no Sibarita, volte sempre... Ah vou lá ver o convite que formulou!

bjs
O Sibarita

Pandora disse...

Olá, vim retribuir a visita e desejar uma boa semana.
Beijos.

Menina do Rio disse...

E o que é o amor, senão um despautério? Ele acalma e agita as nossas emoções. Vivemos ceú e inferno, e ainda assim amamos...

um beijo

Veronica

Recanto da alma

Bichinho disse...

Meu amor...

Beijo fantasma.

Fallen Angel disse...

( Delicioso )..

TINTA PERMANENTE disse...

disparate será não achar por aqui Poesia!...
Abraço

(p.s. - grato pela visita e pelo convite; promessa de lá ir, talvez, ainda hoje)

Brancamar disse...

Vim conhecer o seu cantinho e agradecer a visita que me fez ontem.Gostei de ler alguns dos poemas que encontrei nestas páginas.Vou continuar a vir por aqui, para descobrir mais do seu mundo de poesia e sonhos.
Parabéns.

Meigo,aprendiz de Druida disse...

Minha amiga goretti, muitas graciñas pola tua visita ao meu blog.
Gosto da poesia, e a tua esta chea de amor e sensiblidade.
Muitos bicos, e meu copo de vinho, a tua saúde.

inês disse...

como tu me dizes: "Tenhamos nós a coragem de aproveitar esse momento!"

um grande beijo e muito obrigada!