quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Leva-me contigo

href="http://bp0.blogger.com/_VthY812whaQ/Rw4uAGGEKsI/AAAAAAAAAQE/EqTSW_AjfpQ/s1600-h/2BEACH.JPG">


Teus olhos
Mar bravo
Revolto
Algas e limo
Rolam
Enrolam
E eu
(Ai pobre de mim!)
Me afogo neles.
Se as suas ondas
Em manso reboliço
Me jogam em terra
Recuo
Quero rolar
Rolar até ao fim do Mundo
Na tua espuma.
Leva-me!
Não quero Terra
Nem paz
Nem ar.
Quero guerra.
Leva-me à bolina
Em dia calmo
(Se o houver!)
Leva-me ao Inferno
No vendaval.
Eu vou.
Eu quero ir
Contigo navegar
Contigo naufragar.
Leva-me!
Oh! Leva-me!

http://www.escritartes.com

10 comentários:

António disse...

Querida Goreti!
Que poema tão forte (como o mar em tempestade) e tão lindo (como o mar em calmaria).

Beijinhos

António disse...

Sobre a foto vejo um código esquisito.
Foste admitida nos Serviços Secretos?
ihihihih

Sol da meia noite disse...

Vai e navega sem medo, no mar desses olhos!

Beijinho!

poetaeusou . . . disse...

*
os quereres,
dos sentidos . . .
*

Comentário disse...

Surpresa para a nossa Elsa Nyny!

Betty Branco Martins disse...

___o querer viver nos sentires dos____________sentidos


Beijo com carinho
bomFsemana

Isa&Luis disse...

Olá,

Belo poema amei!

Beijinhos

Isa

M. João disse...

Achas que é mesmo boa idéia ires nessa viagem?
Beijiocas grandes

Cleopatra disse...

Gostei.
Vou voltar por aqui.

T u r t l e M o o n disse...

os olhos e sobretudo um olhar,cativam-nos,inspiram-nos e fazem com q poetisas como tu escrevam algo assim...lindo!!!