quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Lua

A Lua cai sobre a Terra
Dorida, gemendo dor
E ouro sobre a serra
Torna paz o seu furor.

A suave luz se espalha
Pingando de dedos etéreos,
Inunda a vida que se retalha
Em raiva, dor, impropérios...

E ela, força aglutinadora,
Doce, pura, se compraz
Em reduzir a dominadora
À simples antonímia – Paz!

E clamo pela amizade extinta!
Lua amiga, a Ti eu peço,
Estendo minha mão faminta
De calor e céu que mereço.

Obrigada por teu calor,
Obrigada pelas marés no Mundo
Que caminha, Tu ao seu redor
E eu lá bem no fundo!

Iça-me, quero voar
Ver o Mundo lá de fora
E sonhar, sonhar,
Sonhar, até aurora...


http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

28 comentários:

Rosa Maria disse...

Obrigada pela visita.
Volta sempre!

Um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
lua faminta
de mar e marés
voando no infinito,
doce e aglutinador
*
abç
*

Menina do Rio disse...

Oi! Há algo mais sedutor que uma noite enluarada? Lindo poema!

Um beijinho pra ti e me perdoe a ausencia...

efeneto disse...

Olá amiga...obrigado pela sua visita e já me registei nó que tenho que ver como funciona. Obrigado...já volto para a ler

Oliver Pickwick disse...

Sem cálculos matemáticos; sem cosmologia amparada na física; sem debates calorosos; porém, cara MGD, você exibiu um poético conceito de vida. Simples, como dever ser as melhores teorias.
Um beijo, e tenha a melhor das semanas!

Pepe Luigi disse...

Divinal a força da tua poesia!
Parabéns pelo teu blogue.

Um beijinho
do Pepe.

Sol da meia noite disse...

A Lua é poderosa... rompe as trevas com a sua luz.
Confia no poder dela... e sonha... e voa...

Beijinhos

Maria Laura disse...

A suave, a desafiadora lua. Gostei muito do teu poema.

Sei que existes disse...

Linda poesia dedicada a ti e á lua.
Beijo grande

gaivota disse...

lua/paz, é tudo isso...
num quarto minguante/crescente, tanto faz, um amor meu de 2 anos, disse-me "oh vó, a lua tá patida"
pois tá, meu amor...
como a paz!
beijos

António disse...

Olá, Goreti!
Quadras da Lua sem fases da Lua...eh eh.

Beijinhos

Silvia Madureira disse...

A lua tem muita magia...ela é capaz de nos fazer sonhar...de nos tornar mais românticos e para além disso inspira muitos poetas a escrever bonitos textos.

beijo

Nilson Barcelli disse...

Bonito poema à Lua.
Gostei de ler.
Bom fim de semana, beijinhos.

efeneto disse...

Ontem, ao fim da tarde
O amor é uma ave irrequieta
que tenho na garganta.
É voo de cegonhas
ou de milhafres.
Asas secretas e breves
Umas nítidas e sem tempo outras não.
Assim sobrevoo os flancos da madrugada
me dispo dentro das palavras
plano num campo de estevas
e abraço o cheiro da maresia.
Como ontem,
deixo aqui uma cascata de palavras
para lhe desejar um bom fim-de-semana.

Gata Verde disse...

Lindo poema...

Beijinhos e bom fds

GarçaReal disse...

A Lua, a noite, a escuridão...

Companheiras eternas da noastalgia e da solidão...

Lindo


bjgrande

herético disse...

grato pela visita e pelo estimulante comentário.

gostei muito do poema.

Kalinka disse...

Sinto na sua poesia, uma alegria sem par!

Mas, hoje passo em silêncio
e
deixo cair um beijo molhado...

Isabel-F. disse...

belissimo o teu poema ...
gostei muito
_________________________


como julgo que será um assunto que te interessa:

Petição em Prol das Crianças Vítimas de Abusos Sexuais

vê no meu blog pfvr

bjs e um bom domingo

rui disse...

Olá Goreti

"Iça-me, quero voar
Ver o Mundo lá de fora
E sonhar, sonhar,
Sonhar, até aurora..."

São palavras como estas que nos fazem sentir bem e nos faz pensar que a vida merece ser vivida.

Beijinhos

Arcanjo disse...

"Iça-me, quero voar
Ver o Mundo lá de fora
E sonhar, sonhar,
Sonhar, até aurora..."

Deixou-me sem palavras...

beijinhos e obrigada pela visita***

(e já levou uma linkadela) ;-)

RiCk GaLdInO disse...

"A Lua quando brilha fala de amor, no gingado deste xote sinto teu calor. Á noite acordo sonho com você..."

Já dizia a música "A lua quando brilha"

AGRADECENDO a Visita ao blog!

Miosotis disse...

A Lua é sempre inspiradora!
Não sei como alguns a podem considerar fria! Eu sinto-a acolhedora!

Sensibilizada pelo olhar poisado em 'fragmentos'!
Um beijo

inês disse...

"sonhar, sonhar até a aurora"

como é bom este sonhar.

multiolhares disse...

A lua símbolo de sonhos, incertezas,
Buscas continuas em nós
Beijinhos
luna

Sol da meia noite disse...

Passo a agradecer as palavras que no Sol deixaste.
Deixo beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Gostei de reler...
Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
passei aqui
,
xi
*