sábado, 12 de janeiro de 2008

Agradeço à turtlemoon a escolha do meu blogue.
O meus nomeados são:



Papagaio de papel


Sobe, papagaio de papel,
Às nuvens de poalha dourada,
Solta-te desse cordel,
Procura outra estrada!

Sobe, procura teu galardão
No Sol que te acena sorrindo,
Em cada raio uma mão
Que te diz: bem-vindo!

Sobe, que já desceste a pique.
Aproveita o vento de feição,
Pede-lhe com alma que fique
E carregue teu coração!

Sobe, abarca todo o Universo,
Agarra-o com tua mão,
Grita-o como um verso,
Agita-o como furacão!

Sobe, apossa-te do Mundo.
Aproveita seu azul vivo,
Radiante, tão profundo,
Deixa de gemer: “ Não consigo!”.

Sobe, no Sol te quero.
Nas nuvens por sobre o mar,
Em volúpias azuis eu espero
Bilros dourados te ver sonhar!


EscritArtes

22 comentários:

Carla disse...

De facto, a poesia faz-nos voar, ser mais. E na palavra que se soletra permite que se ultrapasse o próprio sentido de ser!

Daniel Aladiah disse...

Somos o que sentimos...
Um beijo
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
,
agradeço sinceramente,
a tua prova de amizade,
,
eu tento ser imune a nomeações,
não quero ser desagradável contigo,
vou tentar, não quebrar o elo,
,
obrigado amiga,
,
conchinhas
,
*

António disse...

Minha querida Goreti!
Agradeço imenso a tua nomeação mas eu, desde há muito tempo que decidi não aceitar estes prémios de tão inflacionados que estão nem, coerentemente, nomear ninguém.
Sei que não vais levar a mal!
Já muitas vezes fui nomeado e, salvo da primeira vez (com o "Thinking Blogger Award") nunca mais aceitei nenhum.
Mas, repito, agradeço-te do fundo do meu coração.
E vai fazendo mais umas quadras, aqui!

Beijinhos

Bruxinhachellot disse...

O que mais gosto nos papagaios de papel é o colorido. São tantas cores tingindo o céu, que sinto uma alegria infantil ao vê-los.

Beijos do fruto.

Maria Laura disse...

Um lindo poema e o mérito total na nomeação. Parabéns.

efeneto disse...

Obrigado pela simpatia aqui demonstrada. Obrigado pela lembrança. Tenho em arquivo outros premios que a seu tempo irão ser agradecidos e distribuidos com a respestectiva amizade com que foram entregues. Depois eu aviso. Beijo de boa semana.

Alma Nova disse...

Sobe, voa alto e conquista!
Não desistas, luta e sobretudo acredita em ti!

AURORA ( LOLA ) disse...

Sobe, que já desceste a pique.
Aproveita o vento de feição,
Pede-lhe com alma que fique
E carregue teu coração!



Nos papagaios de papel o que eu mais gosto é o colorido. Fazem-me lembrar quando eu era criança e junto com os meus irmãos ia para a praia brincar com os papagaios.



Adorei está muito lindo, bjs

Brito Ribeiro disse...

Fico muito sensibilizado pela nomeação e considero-a como um incentivo para continuar a aprender e a sonhar.

Abraço

britoribeiro disse...

Fico muito sensibilizado pela nomeação e encaro-a como um incentivo para continuar a aprender e a sonhar.

Abraço

Celestino Neves disse...

E se nuvens não achares,
Sorte a nossa pois então,
Ficarão nossos olhares
Sem perder a ligação...

Há quanto tempo...
visita-me no ciberespaço:
http://a-terra-como-limite.blogs.sapo.pt

PoesiaMGD disse...

Eu tentei, pelo menos agradecer a visita, mas não me entendi com o teu blog...
Vento que passas,
escuta meus ais,
não fujas assim,
diz-me onde vais...

Também quero ir
como tu viajar,
amar outras gentes
que saibam amar...

...
...

Podes visitar-me no ciber espaço em mais lugares! Espreita os links do meu blog.

PoesiaMGD disse...

Pedi já há muito pela NET que alguém me indicasse o paradeiro do autor daquelas quadras... não são minhas!

LuzdeLua disse...

Sobe, apossa-te do Mundo.
Aproveita seu azul vivo,
Radiante, tão profundo,
Deixa de gemer: “ Não consigo

Lindo demais. Deixo-te beijos com carinho.
Bjs

Pena disse...

Estimada e Linda Amiga:
Um papagaio de sonho que se sobe paira com beleza e encanto no terno azul do céu.
Precisa de si para lhe dar forças.
Sobe até às ternas nuvens, até ao deslumbrante e aconchegante sol irradiando ternura das alturas.
Escreve com fluidez e talento que expressam a maravilha do si e do seu sentido e belo pensamento decorado de magia magnífica e terna.
Enternecedor. Puro. Magnífico.
Beijinhos amigos de Parabéns.
Com estima grandiosa que respeita
Beijinhos amigos

pena

Suave Toque disse...

Sobe, no Sol te quero...
Nuvens de algodão...
Saudade eterna...
A poesia nos leva a lugares desconhecidos e encantados.
Gostei muito.
Deixo aqui o convite para uma visita.
Bjs

Oliver Pickwick disse...

Sábia alegoria, cara Goreti, um estímulo em lindos versos a buscarmos os nossos sonhos.
Beijos!

multiolhares disse...

Como é bom voar
deixar a mente dispersar
beijinhos
luna

Sonho & Sedução disse...

Sua poesia é um convite ao mais belo dos voôs... aquele que sai do caração e voa diretamente à alma...
Agradeço a visita... volte sempre...

Beijo com carinho

Olhos de mel disse...

Nossa! Que vôo mais alto, heim? Linda demais!
Bom fim de semana!
Beijos

efeneto disse...

Estes cardos de sol que me ferem
como sementes a rasgar a terra.
São espinhos impiedosos de rosas secas
que me coroam a pele.
Cercam-me as searas de pouco
e no chão das quatro da tarde
dançam fantasmas transparentes.
A sede é um tormento
neste mês de chuva e neve.
Seja com chuva ou neve,
Sol ou calor, que lhe desejo,
Um óptimo fim-de-semana.

Beijito de amizade.